Eventos sociais e corporativos

O Buffet Mané Young atende hoje Campos do Jordão e região serrana da Mantiqueira, Vale do Paraíba, Ilhabela e Litoral Norte, mas tem tradição de quase 20 anos, tendo atuado em cidades como São Paulo, Brasília, Campinas, Guarujá, Pouso Alegre, entre outras.

O Buffet dá ênfase à gastronomia brasileira, regional e contemporânea, privilegiando a criatividade na construção de cardápios especiais e inusitados, inclusive eventos temáticos.

  • Casamentos
  • Bodas
  • Aniversários e comemorações
  • Eventos para empresas
  • Degustações

Temos parcerias com os melhores hotéis, espaços para eventos e restaurantes nas regiões que atuamos. Navegue pelo site e conheça nossa experiência de 30 anos e os clientes que atendemos ou clique nos links abaixo:

Entre em contato e peça um orçamento para seu evento clicando aqui

Moqueca de Cordeiro com Pirão de Leite

 

(Para 4 pessoas)

PARA O CORDEIRO

Ingredientes

  • 50 ml de azeite
  • 03 cebolas médias picadas
  • 04 tomates maduros picados
  • 01 Pimentão Amarelo
  • 800 g de pernil (ou paleta) de cordeiro em cubos de 2 cm x 2 cm
  • 02 folhas de louro
  • ½ xícara de leite de coco
  • Sal
  • ½ xícara de salsinha e cebolinha verde picadas

Modo de preparo

  • Em uma frigideira, aqueça bem o azeite e vá dourando rapidamente os pedaços de Cordeiro. Reserve-os.
  • Em uma panela que tenha tampa, coloque o azeite onde se dourou o cordeiro e entremeie o tomate picado, a cebola picada, o louro e o cordeiro.
  • Tampe a panela e leve-a para fogo bem baixo. Aos poucos, vá regando com o vinho.
  • O ponto do cozimento é a maciez da carne. Quando estiver bem macia, junte a canela, o cravo e o mel.
  • Salgue a gosto, retire as folhas de louro e sirva.
  • Pode ser acompanhado de cubinhos de pão italiano ou mesmo francês.

PARA O PIRÃO DE LEITE

Ingredientes

  • 300 ml de leite de coco
  • 01 xícara de farinha de mandioca crua
  • 01 xícara do caldo formado na moque3ca do cordeiro.
  • 01 colher (rasa) de açúcar
  • Leite a gosto ( opcional)

Modo de preparo

  • Em uma frigideira, coloque a farinha e junte ½ xícara de água para molhá-la.
  • Em uma panela, aqueça o caldo retirado da moqueca do cordeiro e o leite de coco e vá, mexendo sempre, incorporando a farinha aos poucos. Prove o pirão, salgue a gosto e incorpore o açúcar. Se quiser o pirão mais ralo, agregue leite aos poucos até o ponto desejado.

Consomê de Truta

Consomê é uma forma sofisticada de caldo. Muito leve e nutritivo. Excelente como entrada ou em noites frias como um carinhoso acalanto. São famosos os consomês de carne e de galinha, o de truta os supera, pois seu baixo teor de gordura o torna mais leve, sem necessidade de desengordurá-lo.

Ingredientes

  • Duas trutas inteiras ou seis filés
  • Uma cenoura
  • Um talo de salsão
  • Uma cebola
  • Um maço de
  • Uma folha de louro
  • Quatro gemas de ovo
  • Uma dose de vinho do porto
  • Sal
  • Água o quanto baste
  • Sal a gosto
  • Torradas de pão preto ou integral à vontade

Modo de fazer

Em um caldeirão ou em uma panela grande coloque 3 litros de água e todos os ingredientes
Menos o sal, as gemas e o vinho do porto. Não há necessidade de picar ou fatiar nada. Calcule a metade do volume na panela e em fogo baixo deixe cozinhar bastante até que se reduza á metade o volume do cozimento. Coe tudo em uma peneira e volte o caldo à outra panela. Mantendo a fervura em fogo mínimo. Prove e acrescente sal. Antes de servir coloque uma gema e uma parte do vinho do porto em cada terrina e então sirva o caldo bem quente. Torradas de pão preto dão a guarnição ideal.

Moqueca de truta com palmito

Nesta receita acrescentamos o palmito à truta deixando que os delicados sabores dois ingredientes. Há uma inspiração caiçara no prato por ser o palmito ingrediente tradicional do litoral, carioca, paulista e paranaense. Não agregamos dendê e pimenta, mas pode-se usar desde que em pequena quantidade.

Ingredientes

  • Oito Filés de truta fresca
  • 300 g de palmito pupunha
  • Meia xícara de azeite
  • 600 ml de leite de coco
  • Quatro cebolas fatiadas
  • Quatro tomates em rodelas
  • ½ xícara de cebolinha verde
  • Sal a gosto

Modo de fazer

  • Coloque metade do azeite no fundo de uma panela e em camadas, intercale as trutas, as cebolas, os tomates, os palmitos e a cebolinha verde. Então regue com o copo de água, tampe a panela e leve-a em fogo alto por 8 minutos. Então coloque o leite de coco e volte ao fogo por mais 5 minutos. Salgue a gosto, acrescente a outra metade o azeite, tampe novamente, abaixe o fogo e deixe por mais Dois ou 3 minutos.

Ovas de truta com ovos caipiras no pão preto

Outra receita simples e maravilhosa. Para cada pessoa um pão preto coberto com um ovo frito, e o ovo salpicado com as ovas. Para ousar coloque sobre o prato um copinho com uma dose gelada de vodka, steinhaeguer ou poire.

As ovas e os ovos têm sabores muito próximos e enfim são o mesmo produto. A brincadeira da receita é que o aparentemente prosaico ovo frito, é base e companhia às sofisticadas ovas de truta. Ótima conversa.

Ingredientes

  • Uma xícara de Ovas de truta
  • Oito ovos caipiras
  • Oito fatias de pão preto
  • Azeite ou manteiga suficiente
  • Uma dose de vodka, steinhaguer ou Poire (opcional).
  • Sal a gosto

Modo de fazer:

  • Coloque as fatias de pão preto em uma torradeira ou aqueça-as em uma frigideira e reserve. Então frite os ovos salgando-os levemente, monte-os sobre os pães e coloque as ovas sobre o ovo. Para apresentar os pratos, monte-os com dois pães em cada. Como guarnição, sugiro pepino em conserva e brotos de alface americana. A dose de bebida se for do agrado deve ser colocada dentro do prato em uma pequena taça ou num copinho de destilado.

 

Ovas de truta com spaguetti na manteiga

Para quatro pessoas cozinhe um pacote de espaguete, é suficiente e farto. Esta receita é com um mínimo de manteiga e com a massa com pouco sal. O caminho é a valorizar a presença das ovas e o realce de seu sabor. Uma delícia com cores lindas, amarelo e laranja.

Ingredientes

  • Uma xícara de Ovas de truta
  • 100 g de manteiga
  • Uma dose de vodka (opcional)
  • Um pacote de espaguete ( 500g)
  • % L. de água
  • Sal a gosto

Modo de fazer

  • Em um caldeirão, coloque a massa pra cozinhar com um pouco de sal, tire-a no ponto desejado, escorra a água e reserve. A seguir uma frigideira derreta a manteiga e coloque metade das ovas e muito rapidamente, trinta segundos no máximo, acrescente a massa e passe nessa manteiga, Nesse momento. Se quiser junte uma dose de vodka e sirva logo a seguir, colocando sobre a massa o restante das ovas.

 

Cozinhando com Palavras – 22ª Bienal do Livro

Espaço Gourmet - 2011 - Fonte brincandodechef.com.br

E-mail recebido por Mané Young dia 07/juho/2012:

Prezado Mané Young,

Em nome da Câmara Brasileira do Livro (CBL), temos a honra de convidá-lo a integrar o evento Cozinhando com Palavras, que acontece na 22ª Bienal Internacional de São Paulo, compondo a mesa Os Segredos dos Banqueteiros.

Sugerimos sua participação no dia 13 de agosto, em palestra realizada às 20h, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo. Todos os detalhes técnicos de sua apresentação serão tratados a partir da aceitação desse convite.

Desde já agradecemos a honra de sua presença nesse evento cultural de grande expressão para a gastronomia e a cultura de nosso país!

Atenciosamente,

André Boccato
Curador

Guta Chaves
Produtora Executiva

 


DO SITE COZINHANDO COM PALAVRAS
(Edição 2011)
A Gastronomia será destaque na Bienal Internacional do Livro de São Paulo que acontecerá em agosto, no Pavilhão de Exposições Anhembi. Haverá uma área exclusiva pa

a os livros gastronômicos – o Espaço Gourmet Sensações – contando com uma cozinha show r

montada em meio aos estandes numa arena para 70 pessoas. Ali, divididos nos períodos manhã, tarde e noite, acontecerão workshops, numa bem programada grade de aulas práticas e debates muito interessantes, com a presença de grandes autores de obras gastronômicas e personalidades da área. Todas as atividades do ESPAÇO GOURMET são gratuitas e, diariamente, serão distribuídas senhas para os que desejarem participar.

O evento tem curadoria de André Boccato, destacado chef, editor e agitador gastronômico, que, dentro da filosofia dos organizadores de “Bienalizar São Paulo”, foi ainda mais longe, e criou o ‘Cozinhando com Palavras’, um grande Sarau Literário, promovido em alguns dos principais restaurantes da cidade, em torno de pratos criados ou vivenciados por grandes nomes da literatura brasileira e mundial. Além dos menus especiais para degustação, com pratos inusitados, únicos para cada restaurante participante do evento, no ‘Cozinhando com Palavras’, acontecerão apresentações com leituras de poemas e trechos de literatura. que acontecerá durante o período da Bienal.

“Imaginei que homenagear autores nessas casas seria uma forma simpática de integrar o resto da cidade à feira de literatura, expandindo o tema para muito além do Anhembi. O resultado foi fantástico”, comemora Boccato.

Risoto de Camarões e Alcachofras

Ingredientes

  • 1 1/2 xícara(s) de chá de arroz arbóreo
  • 16 camarões grandes com cabeça
  • 1 cebola grande
  • 1 colher(es) de sopa de azeite
  • 2 tomates maduros
  • 1/2 litro(s) de vinho
  • 2 dentes de alho
  • 1 folha de louro
  • 4 fundos de alcachofra cozidos em água e sal
  • 3 colher(es) de sopa de manteiga
  • sal a gosto
  • pimenta do reino a gosto
  • ciboulette a gosto para decorar

Modo de preparo

  1. Torre as cabeças e as cascas do camarão em um fio de azeite. Refogue metade da cebola, 2 tomates picados, dois dentes de alho e louro.
  2. Junte 1,5 litros de água e deixe ferver por 30 minutos. Adicione uma pitada de sal depois de coar. Reserve.
  3. Coloque numa panela o arroz com fio de azeite. Adicione a cebola picada bem fina e deixar suar (refogar).
  4. Adicione concha por concha o caldo de camarão e mexa o arroz para que cozinhe por igual, em fogo médio por 15 minutos, adicionando mais caldo quando estiver quase seco.
  5. Tempere os camarões com sal e abra-os no meio. Coloque-os no risoto depois de 15 minutos de cozimento.
  6. Junte a manteiga gelada e cortada em pequenos cubos aos poucos, mexendo o tempo todo em fogo mais baixo. Neste momento, finalize com ciboulette picada.
  7. Recheie os corações de alcachofras cozidas com o risoto. Decore com mais ciboulette e sirva a seguir.

(Receita e foto do restaurante Le Chef Rouge – UOL Entretenimento)

 

Noite de Gala do Dall’Onder – Bento Gonçalves

Noite de Gala - Dall'Onder

A mais elegante e glamourosa festa da Serra Gaúcha, a 15ª edição da Noite de Gala dos Vinhos e Espumantes Premiados do Dall’Onder Grande Hotel ocorreu no dia 4 de novembro de 2011. Entre as atrações estavam cerca de 20 vinícolas, a gastronomia de três países (Itália, França e Portugal, além de uma ilha de ostras), e o show nacional da banda The Originals.

O comando da cozinha ficou com os chefs Mané Young, de Campos do Jordão, e Orlando Baumel, de Curitiba. Cerca de mil pessoas participaram desse evento que se transformou em vitrine e comemoração para as conquistas dos vinhos nacionais no exterior. O evento ainda atraiu famosos de todo o país para Bento Gonçalves. (Foto de Silvia Tonon)